Poemas e cânticos a nossa senhora das Vitorias

 

 

 

A Ríqueza De um povo

 

Olha a tua capela – e recolhido

 Medito na riqueza do teu povo:

-Pode sempre receber alento novo

Nas horas em que esteja combalido!

 

Porque a tua capela é um abrigo:

-A certeza que já tinha, hoje a renovo!

 À Senhora das Vitórias englobo

No rol de quem mais protegido!

 

Saber-se ali, Senhora, dá alento

Quando na vida vivemos um momento

 De menor felicidade – de fraqueza.

 

Poder o crente visitar-te em qualquer dia Oh !

 Senhora das Vitórias, que alegria!

-Que povo pode ter maior riqueza?!

 

 

Senhora Minha

Olhando a tua capela, a alma fala: "

- Já tantas vezes, Senhora, me soltei

Já tantas vezes no silêncio te falei

 Dum sonho tão vivo que me embala

 

...Dum amor que vestiu roupas de gala

 Para te cantar os versos que sonhei

-Dum pensamento terno que ganhei

 Recolhido no espaço dessa sala..."

 

Olhando a tua capela, a alma sonha:

-       Estavas na estrada, e risonha

 Estendias-me as mãos meigas e ternas.

 

"Eu sei quanto amas !" – me dizias...

-Com teu manto cor do céu, tu me cobrias

Aos ouvidos me falando coisas belas !"

 

 

Canção religiosa Da Nossa Senhora Das Vitorias

Ó Senhora das Vitorias

Toda bela e toda amor

Quero amar-Vos com ternura

 Quero amar-vos com ardor

Vós sois Mãe, Vós sois

Esposa Sois a filha do Senhor

Sois a vossa Mãe bondosa

 Nossa vida e nosso suor