Mártir S. Bonifácio

Na freguesia de Borba de Godim que se situa apenas a 24 km do Marão. É atravessada por um pequeno rio, a que deram o nome de rio Borba.

Que foi em tempos remotos comarca de Basto, pertencendo hoje ao concelho de Felgueiras.

Em Borba existiu um paço que em tempos terá tido grande importância a avaliar pelos vestígios de rara sumptuosidade ainda visíveis. Inicialmente seriam uns pórticos ogivados em cantaria de granito da região. Apresenta-se com uma grandiosa escadaria de dois lanços e patamar em alpendre sustentado por duas colunas com bonitos capitéis dourados. A construção utilizou frequentemente o xisto e na decoração o azulejo de rodapé em tons azuis e brancos a lembrar o estilo moçárabe. Em 1794, D. Francisco Moura Coutinho, ao tempo Fidalgo da Casa Real, mandou edificar uma capela em substituição de um pequeno oratório anterior. Alguns anos mais tarde aquele fidalgo encomendou em Roma, as relíquias (corpo e vaso com sangue), do mártir S. Bonifácio e outros santos retirados ao cemitério de Santa Ciríaca. Veio tudo acompanhado de certificado de autenticidade e origem, de resto logo confirmado por documentos papais de indulgências, privilégios e isenções em relação à paróquia que vinham assinados pelo Papa Alexandre III.

 

 

(Fonte: "Revista das Vitórias 2001")

 Descrição: http://files.borba-de-godim.webnode.pt/200000725-e1de7e2cec/S%C3%A3o%20Bonifacio.jpg